sábado, outubro 28, 2006

The Divine Comedy - Perfect Lovesong

Lembro-me do primeiro crush que tive contigo... Foi mesmo naquele dia em que nesta esplanada, ou naquela nossa outra, com dois cafés e uns cigarro falávamos de música,mais precisamente deste grande grupo de bons bailaricos e das nossas esperanças e anseios para o estágio! Logo aí, ao perder-me como me perco nesses teus olhos de pura esmeralda, percebi que te pertencia há muito! Que para ti sempre caminhei, pois a minha Demanda sempre foi fazer-te feliz! Volvido o tempo de que nós sabemos ser hoje aniversário, o meu Desejo por ti continua a ser esse crescendo que conserva a sua melodia sinfónica num Allegro molto Vivace, um rápido d'águas bravas que por ti corre num furioso ímpeto de Prazer! Pode isto não ser a mais perfeita canção de Amor, mas sou Eu, apenas eu, a expor os termos de tudo aquilo a que me proponho fazer para que sejas Feliz, como nunca imaginaste ser possível! E quando sentires que melhor é impossível, quero voltar-te a surpreender, levando-te outras vez às nuvens!!! AMO-TE MUITO, MEU AMOR! PARA SEMPRE E AINDA MAIS UM BOCADINHO!