terça-feira, abril 14, 2009

Puritanismo 2.0

Quando o ridículo já tem barbas.

Sem comentários: